Morte de 9 bebês faz Saúde fechar UTI de hospital em SP

A morte de 9 bebês em apenas uma semana fez a Secretaria Estadual de Saúde fechar a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neo-natal do Hospital Geral de Itaquaquecetuba, na zona leste de São Paulo. A direção do hospital, administrado pela entidade filantrópica Santa Marcelina, não se pronunciou. Em nota oficial, a secretária informou que está sendo formada uma comissão para investigar o caso. A nota diz que a água destilada utilizada para diluir medicamentos em ampola pode ser a causa das mortes. As gestantes que chegaram em trabalho de parto nesta sexta-feira ao Santa Marcelina foram transferidas para outros hospitais da Grande São Paulo. O diretor do centro de Vigilância Epidemiológica disse que não está descartada a possibilidade de infecção hospitalar. Um parecer da secretária estará pronto em algumas semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.