Morre senador Ramez Tebet, aos 70 anos

Morreu no início da madrugada deste sábado, o senador Ramez Tebet (PMDB-MS). O corpo do senador será velado até as 9 horas de amanhã do sábado, na Assembléia Legislativa. Em seguida, segue para Três Lagoas, onde será sepultado por volta das 18 horas. O senador, que sofria de câncer no fígado, deixou o hospital Albert Einstein, em São Paulo, e foi trazido para Campo Grande na sexta-feira. Tebet entrou em coma na sexta-feira, após complicações decorrentes de uma infecção respiratória. Ele completou 70 anos de idade no último dia 7 de novembro, e fazia tratamento contra o câncer havia mais de 20 anos. No último dia 30, Tebet foi internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, com uma infecção causada por reações alérgicas a um medicamento.Na sexta-feira, o peemedebista foi homenageado no Senado. ?Nunca houve um problema nesta Casa sem que Tebet procurasse ajudar?, discursou Pedro Simon (PMDB-RS), que fez uma oração pela saúde do colega.Ramez Tebet cumpria seu segundo mandato como senador pelo PMDB. Em 2000, destacou-se no Senado como presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou o Poder Judiciário e resultou na cassação de Luís Estêvão e na renúncia de Antônio Carlos Magalhães, Jader Barbalho e José Roberto Arruda, no ano seguinte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.