Morre primeira vítima de dengue hemorrágica no DF

Faleceu às 3h30 min desta madrugada o estudante João Paulo Pereira Viana, de 17 anos, que estava internado no Hospital Regional de Taguatinga (cidade-satélite do DF) desde o dia 22, para tratamento de dengue hemorrágica.Segundo o médico-chefe da equipe de plantão do HRT, Antonio Salame, todos os sintomas indicam que a morte ocorreu por essa forma da doença. A confirmação oficial, no entanto, só será anunciada depois que os exames patológicos forem realizados.A autópsia será realizada hoje no próprio hospital, mas os resultados finais dos exames microscópicos, que confirmarão a morte pela doença, só deverão ser concluídos amanhã.Viana foi picado pelo mosquito Ades aegypti durante o carnaval no Rio de Janeiro. No período em que ficou internado na UTI do Hospital Regional de Taguatinga, o quadro clínico do estudante era considerado crítico.Ele respirava com a ajuda de aparelhos e vinha sendo submetido a sessões diárias de hemodiálise porque os rins haviam parado de funcionar. Viana estava matriculado no primeiro ano do ensino médio de uma escola de Taguatinga.Antes de contrair dengue hemorrágica, praticava jiu-jitsu, caratê, judô e musculação. O estudante e a namorada, Ivone Gazzola, foram ao Rio de Janeiro para acompanhar o desfile da escola de samba Mangueira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.