Morre o professor João Yunes

O diretor e professor-titular da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), João Yunes, morreu nesta quinta-feira, aos 66 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, de câncer no pulmão. Representante do Brasil no Conselho Executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS) desde maio de 2000, ele foi secretário nacional de Políticas de Saúde do Ministério da Saúde de 1998 a 2000 e secretário de Estado da Saúde no governo paulista de Franco Montoro (1983-1987).Com 140 artigos publicados em periódicos científicos e livros nacionais e estrangeiros, Yunes era médico sanitarista e administrador hospitalar por formação, com mestrado na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, e doutorado e livre-docência pela USP.Paulistano, começou a dar aulas em 1966 e foi responsável pela elaboração de planos de saúde de várias cidades. Em sua carreira, ocupou cargos administrativos importantes, tanto na universidade e no Ministério da Saúde, quanto no Instituto de Assistência Médica do Servidor Público Estadual e na Organização Panamericana de Saúde (Opas). Em sua homenagem, a 26ª Conferência Sanitária Panamericana foi interrompida hoje, em Washington, com um minuto de silêncio. O corpo do professor deve ser enterrado neste sexta-feira no cemitério do Morumbi. Ele deixa a mulher, Oneida, e os filhos Marcel e Cristiane.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.