Morre o governador Mário Covas

O governador licenciado de São Paulo, Mário Covas, morreu, por volta das 5h30 de hoje, vítima de insuficiência múltipla dos órgãos, em decorrência do câncer, detectado pela primeira vez em 1998. Covas, de 70 anos, estava internado no Instituto do Coração (Incor), em São Paulo, desde o dia 25 de fevereiro, quando foi levado às pressas ao hospital por causa de uma trombose na perna. Ontem, a equipe médica que cuidava do governador admitiu, pela primeira vez, que o câncer estava vencendo as tentativas de tratamento da doença e a resistência do governador. A primeira vez que a doença manifestou-se no governador foi em 1998, na parede da bexiga. No início deste ano, os médicos anunciaram que existiam células tumorais na meninge.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.