ANDRE DUSEK/AE
ANDRE DUSEK/AE

Morre Hélio Garcia, ex-governador de Minas Gerais

Ele tinha 85 anos e vivia recolhido por conta de problemas de saúde; Garcia esteve à frente do governo mineiro por 2 mandatos

Leonardo Augusto  - Especial para O Estado , O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2016 | 11h15

 

BELO HORIZONTE - O ex-governador de Minas Gerais Hélio Garcia morreu nesta segunda-feira, 6, por volta das 7 horas, aos 85 anos, em Belo Horizonte. Nascido em Santo Antônio do Amparo, região Centro-Oeste do Estado, Garcia exerceu dois mandatos à frente do Palácio da Liberdade, de 1984 a 1987 e  de 1991 a 1994. Nos últimos anos, o ex-governador vivia recolhido por conta de problemas de saúde. As causas da morte ainda não foram confirmadas.

Garcia começou a vida política em 1963 como deputado estadual. Foi ainda prefeito de Belo Horizonte em 1983. Antes de se aposentar, era filiado ao PTB. Foi também da UDN, Arena, PP e PMDB.

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), divulgou nota sobre a morte do político. "Foi com profundo pesar que recebi a notícia do falecimento do ex-governador Hélio Garcia. Homem público com uma trajetória de inestimáveis serviços prestados ao Estado e ao país, Hélio Garcia era uma das mais importantes referências da política mineira. Minas perde uma liderança que sempre se pautou pela sensatez, serenidade e espírito democrático. Aos familiares, manifesto minha sincera e afetuosa solidariedade neste momento".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.