JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Morre aos 70 anos o ex-deputado estadual Jooji Hato

Parlamentar morreu na noite de segunda-feira em São Paulo

Paulo Beraldo, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2019 | 09h25

O deputado estadual Jooji Hato (MDB-SP) morreu na noite de segunda-feira, 28, em São Paulo. Com 70 anos, a suspeita é de que o parlamentar tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória. O Instituto Médico Legal ainda vai confirmar a causa exata da morte. O velório ocorre no hall da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) nesta terça-feira, 29, pela manhã. 

Filho de imigrantes japoneses, Hato formou-se em medicina e entrou na política como vereador em São Paulo no ano de 1982. Foi eleito em outras sete ocasiões. Em 2010, conseguiu trocar a Câmara Municipal pela Assembleia Legislativa - ele havia se candidato como deputado estadual, federal e até senador, mas sem sucesso.

Hato foi reeleito em 2014 e, no ano passado, foi um dos 33 deputados que tentaram a reeleição na Alesp e não conseguiram renovar seus mandatos. 

Na cidade de São Paulo, Jooji Hato foi um dos responsáveis pela aprovação da Lei do Silêncio, que determina o horário de funcionamento de bares durante a madrugada. 

O filho do parlamentar, o vereador paulistano George Hato, fez uma publicação em suas redes sociais se despedindo do pai.  

 

Tudo o que sabemos sobre:
Jooji Hato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.