Moradores de SP, DF, RJ e PR voltam a fazer panelaços contra Bolsonaro

Em alguns locais, essa forma de protesto está sendo diária

Daniel Galvão e Fábio Grellet - O Estado de S.Paulo

Mais uma noite de panelaços de moradores contra o presidente Jair Bolsonaro aconteceu em diversas cidades na noite desta quarta-feira, 25. Em alguns locais, essa forma de protesto está sendo diária.

Panelaço contra Jair Bolsonaro no bairro Santa Cecília, em São Paulo Foto: Tiago Queiroz / Estadão

Em São Paulo, manifestantes fizeram ato contra Bolsonaro em bairros como Vila Madalena, Perdizes, Sumaré e Pinheiros, na zona oeste. Na zona sul, moradores do Jardim Marajoara também realizaram protesto, mais forte que em dias anteriores. No centro, houve registro de manifestação na Bela Vista.

Continua após a publicidade

Em Brasília, Salvador e Porto Alegre também houve registro de panelaço.

Panelaços e gritaria em protesto contra o presidente ocorreram em vários bairros do Rio de Janeiro, como Laranjeiras, Flamengo, Botafogo e Copacabana, na zona sul, e Grajaú, na zona norte.

As manifestações, que têm ocorrido desde a semana passada, começaram por volta das 20h15 e se estendiam, com interrupções, até as 21h. O panelaço foi maior nos minutos em que o Jornal Nacional, da TV Globo, veiculava reportagens sobre as declarações mais recentes de Bolsonaro.

No Paraná, houve registro de manifestação ao menos em Londrina.

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Moradores de SP, DF, RJ e PR voltam a fazer panelaços contra Bolsonaro

Em alguns locais, essa forma de protesto está sendo diária

Daniel Galvão e Fábio Grellet - O Estado de S.Paulo

Mais uma noite de panelaços de moradores contra o presidente Jair Bolsonaro aconteceu em diversas cidades na noite desta quarta-feira, 25. Em alguns locais, essa forma de protesto está sendo diária.

Panelaço contra Jair Bolsonaro no bairro Santa Cecília, em São Paulo Foto: Tiago Queiroz / Estadão

Em São Paulo, manifestantes fizeram ato contra Bolsonaro em bairros como Vila Madalena, Perdizes, Sumaré e Pinheiros, na zona oeste. Na zona sul, moradores do Jardim Marajoara também realizaram protesto, mais forte que em dias anteriores. No centro, houve registro de manifestação na Bela Vista.

Continua após a publicidade

Em Brasília, Salvador e Porto Alegre também houve registro de panelaço.

Panelaços e gritaria em protesto contra o presidente ocorreram em vários bairros do Rio de Janeiro, como Laranjeiras, Flamengo, Botafogo e Copacabana, na zona sul, e Grajaú, na zona norte.

As manifestações, que têm ocorrido desde a semana passada, começaram por volta das 20h15 e se estendiam, com interrupções, até as 21h. O panelaço foi maior nos minutos em que o Jornal Nacional, da TV Globo, veiculava reportagens sobre as declarações mais recentes de Bolsonaro.

No Paraná, houve registro de manifestação ao menos em Londrina.

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Atualizamos nossa política de cookies

Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.