Moka é escolhido para ser 2º vice-presidente do Senado

Os senadores aprovaram hoje, por 53 votos e uma única abstenção, a indicação do senador Waldemir Moka (PMDB-MS) para o cargo de segundo vice-presidente da Casa. Ele ocupará o lugar de Wilson Santiago (PMDB-PB) que, por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), teve de ceder o mandato ao primeiro colocado na disputa, senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB). O líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), disse que o nome de Moka recebeu apoio da bancada e que não houve conflito na escolha.

ROSA COSTA, Agência Estado

16 de novembro de 2011 | 19h23

De acordo com o Regimento do Senado, cabe ao segundo vice-presidente substituir o primeiro vice-presidente nas suas faltas ou impedimentos e por tabela, também o presidente do Senado, igualmente em caso de ausência. Com três mandatos de deputado federal, o médico Waldemir Moka exerce atualmente o primeiro mandato de senador.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoMoka

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.