Modelos argentinas, nuas pela paz

Desafiando as baixas temperaturasque vêm castigando Buenos Aires nos últimos dias, cerca de 30modelos argentinas ficaram praticamente nuas hoje para pedir porum mundo mais pacífico. Segundo os organizadores, o protestoserviu para chamar a atenção das pessoas e como um apelo paraque os líderes mundiais se abram para a paz. "Estamos misturando arte conceitual com mensagens de pazmundial. Escolhemos um protesto deste tipo porque, para nós, anudez representa pureza", disse Fabian Pereyra, um dosporta-vozes do grupo de artistas plásticos que organizou oevento. Vestidas apenas com calcinha e minissaia brancas e pousandosobre um círculo de tecido num parque localizado em frente àFaculdade de Direito - no bairro de Palermo -, as modelos semanifestaram com seus corpos seminus ao lado de um símbolo dapaz em chamas e de muitos curiosos. "A nudez e o fogo, que para nós são elementos de purificação,buscam cortar por um momento as terríveis imagens que circulampelos meios de comunicação e mostram que há pessoas trabalhandopela paz e com o coração", afirmou Pereyra. "Os ataquesterroristas de 11 de setembro de 2001 (nos EUA) mostraram quetodos nós precisamos voltar nossas atenções às coisas maissimples da vida", completou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.