EFE
EFE

Modelo de avião registrou dois acidentes no Brasil em 2016

Segundo informações de organização americana que compila acidentes aéreos, houve ocorrências no Piauí e em Paraty

André Borges, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2017 | 18h53

Brasília - Não é a primeira vez que o modelo 90 King Air da Hawker Beechcraft registra acidentes do Brasil. Segundo informações da Aviation Safety Network, organização americana ligada a Flight Safety Foundation e que compila ocorrências e acidentes aéreos em todo o mundo, em 2016 houve outros dois acidentes com o turboélice da Beechcraft no Brasil.

No dia 3 de janeiro do ano passado, também Paraty, no Rio, uma aeronave da empresa caiu no aeroporto. Duas pessoas morreram. No dia 18 de março do ano passado, houve acidente com um avião C90 King Air no aeroporto de Oeiras, em Teresina (PI), durante a decolagem. Nenhum dos sete passageiros morreu.

Ao todo, em 2016, a Flight Safety Foundation registra sete acidentes em todo o mundo com o turboélice da Beechcraft. Em 2015, foram nove ocorrências. Nos últimos dez anos, o modelo acumula 71 ocorrências registradas em todo o mundo pela fundação. Desse total, dez acidentes foram registrados no Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasíliaBrasilOeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.