Moção de apoio deixa Jader "satisfeito"

O presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), disse que ficou muito satisfeito com a reunião da bancada do partido no Senado, que decidiu fazer uma moção de apoio a ele. "Os companheiros estão conscientes de que se trata de uma campanha para me atingir e, em conseqüência, o PMDB", disse Barbalho, ao deixar o edifício do Congresso rumo ao Palácio do Planalto, para participar da cerimônia de posse do senador Ramez Tebet (PMDB-MS) como ministro da Integração Nacional. Barbalho disse, ainda, esperar que seja divulgada a verdade sobre ele, pois até agora, acredita, ela não vem sendo apresentada à opinião pública.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.