MJ bloqueia US$ 2 bi em contas relacionadas à Satiagraha

Bloqueio de recursos suspeitos é o maior da história do País e foi feito com cooperação internacional

Da Redação,

22 de janeiro de 2009 | 11h52

O Ministério da Justiça conseguiu o bloqueio de mais de US$ 2 bilhões (R$ 4,5 bilhões) em contas bancárias mantidas no exterior e relacionadas à Operação Satiagraha. Desse montante, cerca de U$ 500 milhões resultam de cooperação do governo americano. Trata-se do maior bloqueio de recursos suspeitos da história do Brasil.   Veja também: Operação Satiagraha As prisões de Daniel Dantas Os alvos da Operação Satiagraha   O bloqueio foi determinado por ordem judicial expedida em Cooperação Jurídica Internacional. A ação foi coordenada pela Secretaria Nacional de Justiça com a participação do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), da Justiça Federal e da Polícia Federal.   Por enquanto, o Ministério da Justiça não vai divulgar o local do bloqueio e os nomes dos titulares das contas, por causa do compromisso assumido com os países cooperantes e para não atrapalhar as investigações subsequentes.     (Com Agência Brasil)

Tudo o que sabemos sobre:
Operação SatiagrahaPolícia Federal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.