Missa lembra um mês da morte de Covas

A missa que lembra o 30º dia da morte do governador Mário Covas, será realizada às 19h30 de hoje, na Igreja Nossa Senhora da Consolação, no centro de São Paulo. Será uma cerimônia simples, que contará com a participação da viúva do governador, Lila Covas, dos filhos Renata e Mario, o Zuzinha, e dos netos. A exemplo da missa de 7º dia, que foi realizada no ginásio do Ibirapuera, vão participar da cerimônia, além do governador Geraldo Alckmin, a primeira-dama Maria Lucia Alckmin, secretários de Estado, políticos e amigos da família.O padre Rosalvino ViÏayo, responsável pela obra social Dom Bosco, em Itaquera, e amigo da família Covas há mais de 20 anos, celebrará o ritual acompanhado do padre Romano Adiair Lopes. Durante a cerimônia, Alckmin fará a primeira leitura do Evangelho e o ex-secretário da Justiça, Belisário dos Santos, a segunda. Os familiares participarão da Oração dos Fiéis. Para homenagear Covas, o coral e a orquestra dos Salesianos apresentarão cânticos religiosos durante a missa. A igreja tem capacidade para 900 pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.