Miro Teixeira arquivará pedido de restrição de celular no plenário

Apesar da concordância dos candidatos sobre a proibição do uso de celulares na cabine de votação, o presidente da sessão de abertura dos trabalhos legislativos, Miro Teixeira (PROS-RJ), considerou que não havia sentido impor restrição para celulares no plenário. O requerimento proposto pelos candidatos será arquivado.

DAIENE CARDOSO E DANIEL CARVALHO, Estadão Conteúdo

01 Fevereiro 2015 | 16h33

O PTN acabou voltando para o bloco liderado pelo PMDB do candidato à presidência da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ). A assinatura que faltava foi encontrada em outro documento. O bloco passa a ter 218 deputados ante 160 do PT e 106 do PSDB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.