Miriam Belchior deve deixar hospital em SP à tarde

O estado de saúde da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, é estável e ela recebeu alta médica no início da tarde de hoje, segundo boletim médico divulgado às 11h20 pelo Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. A ministra almoçou e, após deixar o hospital, voltará para Brasília.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

03 de fevereiro de 2012 | 12h08

Na última quarta-feira, Miriam apresentou uma crise hipertensiva e deslocou-se para São Paulo para antecipar exames médicos. A assessoria de imprensa do Ministério do Planejamento informou que, enquanto permaneceu no hospital, a ministra recebeu a telefonemas da presidente Dilma Rousseff e de ministros, como Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), Gleisi Hoffman (Casa Civil) e Alexandre Padilha (Saúde), entre outros.

Na manhã de hoje, ela encontrou-se novamente com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que realiza tratamento contra um câncer na laringe no sírio-libanês. Ontem, Miriam Belchior passou por uma série de exames, entre eles uma ressonância magnética, um eletrocardiograma e uma polissonografia, procedimento que tem o objetivo de avaliar a atividade elétrica cerebral, respiratória e cardíaca.

Tudo o que sabemos sobre:
Miriam Belchiorsaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.