Mino Pedrosa depõe nesta sexta à PF

O jornalista Mino Pedrosa vai depor amanhã na Polícia Federal no inquérito que apura o envolvimento do ex-assessor do Palácio do Planalto Waldomiro Diniz com o bicheiro Carlos Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Pedrosa foi chamadona qualidade de testemunha do caso. Durante a tarde, a PF informou que o jornalista estaria depondo, mas, na verdade, quem estava sendo ouvido pelo delegado Antônio César Nunes era o ex-vice-presidente de Logística da Caixa Econômica Federal Mário Haag.Mino Pedrosa informou que não trabalhava com Cachoeira no período em que este gravou uma conversa com Waldomiro, que pediu ao bicheiro doações para campanhas eleitorais e propina para si próprio. Somente um ano depois é que o jornalista deu consultoria a Cachoeira. Pedrosa explicou que não compareceu hoje para depor porque estava viajando quando a intimação foi entregue em sua casa. "Vou comunicar-me com o delegado e informar que estou à disposição para prestar depoimento", afirmou Pedrosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.