Ministros do PMDB deixarão cargos para votar contra o impeachment na Câmara

De acordo com Celso Pansera, além dele, Marcelo Castro e Mauro Lopes reassumem cadeira no Congresso durante a votação

Gustavo Porto, Tânia Monteiro e Vera Rosa, O Estado de S. Paulo

12 de abril de 2016 | 12h48

BRASÍLIA - O ministro Celso Pansera, da Ciência, Tecnologia e Inovação, deputado federal licenciado pelo PMDB, afirmou nesta terça-feira, 12, durante encontro sobre educação no Palácio do Planalto, que os três ministros do partido que são da Câmara - além dele, o da Saúde, Marcelo Castro, e o da Aviação Civil, Mauro Lopes - deixarão os cargos para votarem contra o processo de impeachment no domingo, 17. "Decidimos, nós ministros do PMDB, que deixaremos os cargos para votar contra o impeachment", afirmou Pansera, numa posição contrária à do PMDB, que rompeu com o governo há 15 dias.

Pansera foi além e fez uma defesa enfática contra o processo de impeachment que tramita na Câmara. "Vamos encerrar o terceiro turno das eleições domingo e vamos ganhar de novo. Só espero que dessa vez respeitem o resultado", disse o ministro da Ciência e Tecnologia.

O ministro criticou ainda a defesa feita pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB) sobre a manutenção de programas sociais no áudio vazado na segunda, 11. "O vazamento de mensagem (Temer) reafirma que se mudar o governo manterá os programas sociais. Eu votei na presidente e no vice e pergunto: se é para manter o programa e não tem fatos determinados, por que o impeachment?", concluiu. "Vamos resistir e vamos ganhar e queremos respeito ao terceiro turno", ratificou. 

Bancada. Em encontro com o vice-presidente, o líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ) acertou que a bancada do partido estará livre para votar como quiser em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.