Camila Souza / Estado da Bahia / AFP - 27/12/2021
Camila Souza / Estado da Bahia / AFP - 27/12/2021

Ministros vão sobrevoar Bahia e Bolsonaro promete R$ 200 milhões após enchentes

Marcelo Queiroga, Damares Alves, Rogério Marinho e João Roma devem fazer sobrevoo em regiões afetadas pelas fortes chuvas no Estado nesta terça

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2021 | 08h52

Os ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, da Cidadania, João Roma, e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, se encontram nesta terça-feira, 28, em Ilhéus, município bahiano que servirá como base para as operações de resposta aos efeitos das fortes chuvas que atingem a Bahia.

Às 9h40, as autoridades vão sobrevoar parte das áreas atingidas pelas enchentes e avaliar os impactos. 

No Twitter, Marinho diz embarcar à Bahia “por determinação do presidente Jair Bolsonaro”. Ele cita também que a Ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves acompanha a operação. 

A força-tarefa foi decidida após reunião dos ministros com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), nesta semana. Segundo Marinho, além da equipe dos ministérios, a operação deve contar também com agentes da Polícia Rodoviária Federal, Forças Armadas e Defesa Civil Nacional. 

Bolsonaro promete R$ 200 milhões para a Bahia

Ao chegar em Santa Catarina, Estado em que passará as festas de fim de ano, Bolsonaro disse que o governo vai editar uma Medida Provisória com abertura de crédito de R$ 200 milhões em apoio à Bahia. “Devemos no início do ano que vem assinar uma medida provisória. E fazer o que for possível pelos nossos irmãos na Bahia”, disse. 

Até agora, o governo federal repassou R$ 20 milhões aos municípios atingidos, informou o Ministério da Cidadania. 

As chuvas atingem a região sul do Estado desde novembro e já deixaram 20 pessoas mortas, 31.405 desabrigadas, 31.391 desalojadas e 358 feridos. Chega a 116 o número de municípios atingidos, sendo que cem deles estão em situação de emergência, segundo informações da Superintendência de Defesa Civil da Bahia (Sudec).

Atuando na região desde domingo, 26, João Roma também é pré-candidato pelo Republicanos ao governo baiano, hoje comandado por Rui Costa (PT).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.