Ministro Noronha amplia placar contra registro da Rede

O ministro João Otávio de Noronha, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), votou na noite desta quinta-feira, 03, pela rejeição do registro de criação do partido Rede.

ERICH DECAT, Agência Estado

03 de outubro de 2013 | 21h09

Noronha seguiu o voto da relatora do processo, ministra Laurita Vaz, que apresentou o mesmo entendimento.

"A questão não se resolve apenas no campo ético", disse. "A questão se resolve no campo da legalidade. A ausência de número mínimo de apoiamento não cabe apenas da resolução do Tribunal Superior Eleitoral, é antes uma exigência de lei", acrescentou.

O ministro também lembrou que mantido a rejeição da Rede, Marina terá outras opção de partido. Atualmente há 32 legendas no país.

Tudo o que sabemos sobre:
RedeTSEJoão Otávio de Noronha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.