Ministro do STF segue sem previsão de alta após cirurgia

O ministro Carlos Alberto Menezes Direito, do Supremo Tribunal Federal (STF), segue internado na unidade intermediária do Hospital Samaritano, no Rio, sem previsão de alta. Na quinta-feira, ele foi submetido a uma cirurgia para retirar um cisto no pâncreas. De acordo com o Hospital Samaritano, o pós-operatório transcorreu normalmente e ele foi transferido ontem do Centro de Tratamento Intensivo para a unidade intermediária.

FABIANA CIMIERI, Agencia Estado

24 de maio de 2009 | 17h15

Direito entrou com pedido de licença médica por 30 dias no STF. Ele não compareceu às sessões da Corte desta semana. O ministro tem 67 anos.

Nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2007, o ministro não é juiz da carreira. Ingressou no Tribunal de Justiça do Rio em 1988 através do quinto constitucional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Foi ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) de 1996 a 2007, antes de ir para o STF.

Tudo o que sabemos sobre:
STFCarlos Alberto Menezes Direito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.