Ministro diz que renuncia se provarem que ele recebeu de Furnas

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse que renuncia a seu mandato de senador se alguém tiver qualquer documento que prove que ele tenha recebido dinheiro de Furnas Centrais Elétricas como caixa2 para sua campanha ao Senado (ele é senador eleito pelo PMDB de Minas Gerais). O nome de Costa figura numa lista em poder da Polícia Federal como suposto beneficiário de R$ 400 mil de Furnas. Dessa lista constam 156 nomes de políticos do PSDB, PTB, PFL, PL e PP que teriam recebido grandes somas de recursos para caixa dois doados por empreiteiras. "Se alguém tiver qualquer documento que prove que eu recebi qualquer dinheiro de Furnas como caixa 2, eu renuncio a meu mandato", afirmou Costa, em entrevista no Palácio do Planalto para falar sobre TV digital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.