Ministro diz que 'não crê' em adiamento do Minha Casa Minha Vida

Sem dar detalhes sobre datas, Ricardo Berzoini (Comunicações) afirma que o ministério das Cidades vai apresentar os planos para a terceira fase do programa assim que a estratégia "estiver desenhada"

Bernardo Caram e Rachel Gamarski , Agência Estado

08 de setembro de 2015 | 13h13

Brasília - O ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, nesta terça-feira, 8, que não acredita que vá haver atraso no início da terceira etapa do programa Minha Casa Minha Vida. Sem dar detalhes sobre datas, ele disse que o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, irá apresentar os planos à sociedade assim que a estratégia “estiver desenhada”. 

Berzoini participou de coletiva de imprensa após reunião de coordenação política no Palácio do Planalto. Com o aperto orçamentário, o ministro foi questionado se a continuidade do programa seria comprometida. Ele ressaltou que parte dos recursos previstos para o Minha Casa Minha Vida no Orçamento será usada para a conclusão de empreendimentos da segunda etapa do programa.

“É um programa de grande impacto social e econômico e a fase três será a continuidade disso”, disse, ressaltando que a nova etapa será “evidentemente ajustada” à condição fiscal do País. “Não creio que vá haver adiamento”, ponderou. 

Tudo o que sabemos sobre:
Ricardo Berzoinigilberto kassab

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.