Ministro diz que Marina não ameaça reeleição de Dilma

O ministro participou de café da manhã com ex-ministros do Trabalho e presidentes de sindicatos da CNTU

IGOR GADELHA, Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2014 | 12h33

O ministro do Trabalho, Manoel Dias (PDT),disse nesta sexta-feira, 22, que não considera a candidatura de Marina Silva pelo PSB uma ameaça à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Mesmo Marina aparecendo na última pesquisa Datafolha na frente da petista em um eventual segundo turno, o ministro ponderou que Dilma ainda lidera as intenções de voto no primeiro turno do pleito, segundo o mesmo levantamento.

"Não acho que Marina represente uma ameaça. O povo brasileiro tem bastante lucidez e saberá escolher a pessoa certa", afirmou ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, após participar de café da manhã, em São Paulo, com ex-ministros do Trabalho e presidentes de sindicatos da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.