Ministro determina fim de autarquia

O corregedor nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp, determinou o encerramento das atividades do Instituto Pedro Ribeiro de Administração Judiciário (Ipraj). Responsável pela administração do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), a autarquia é "inconstitucional" e "constituiu um equívoco", segundo Dipp.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.