Ministro da Educação entra na negociação pela CPMF

O ministro da Educação, Fernando Haddad, também participa hoje, no Ministério da Fazenda, da reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, destinada a conseguir apoio para a aprovação da emenda constitucional que prorroga até 2011 a vigência da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Haddad foi chamado por Mantega juntamente com o senador Christovam Buarque (PDT-DF) e a líder do PT no Senado, senadora Ideli Salvatti (SC). Nessa nova etapa das negociações, eles estão discutindo a possibilidade de o governo conceder mais recursos para a Educação. Segundo fontes ouvidas pela Agência Estado, a intenção do governo é a de conseguir, em troca desses novos recursos, inicialmente, o apoio dos senadores do PDT à aprovação da CPMF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.