Ministro Barros Levenhagen será novo presidente do TST

O ministro Antonio José Barros Levenhagen foi escolhido para ser o novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Ele deverá tomar posse em fevereiro, após a aposentadoria compulsória do atual presidente, ministro Carlos Alberto Reis de Paula. Levenhagen é o atual vice-presidente do TST.

AE, Agência Estado

12 Dezembro 2013 | 13h17

A decisão foi tomada na quarta-feira, 11, pelo Pleno do Tribunal. Foram eleitos também os ministros Ives Gandra da Silva Martins Filho, como vice-presidente, e João Batista Brito Pereira, como corregedor-geral da Justiça do Trabalho.

Os novos dirigentes cumprirão um mandato de dois anos, mas a posse está condicionada à aposentadoria compulsória do atual presidente. Carlos Alberto assumiu em março e justificou a antecipação da eleição como forma de permitir uma fase de transição da atual para a nova direção. O atual presidente elogiou os eleitos e disse que o "Tribunal estará em mãos hábeis e competentes".

Mais conteúdo sobre:
TST novo presidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.