Beto Barata/AE
Beto Barata/AE

Ministro Aldo diz que, por enquanto, ‘só conversou’ com Lars Grael e Nádia Campeão

Ao Estado, ministrpo disse que somente conversou com os dois

Rui Nogueira e João Domingos, de O Estado de S. Paulo

03 de novembro de 2011 | 19h03

BRASÍLIA – O novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo (PC do B-SP), conversou nesta quinta-feira, 3, com o velejador Lars Grael. No início da semana ele também jantou com Nádia Campeão, ex-secretária municipal, no governo da prefeita Marta Suplicy (PT). O ministro disse ao Estado que não fez, nem para Grael nem para Nádia Campeão, convites para assumirem cargos na pasta.

 

“Eu postei um twitter dizendo que queria comer uma pizza com a Nádia Campeão. Comi a pizza e conversei. Depois postei um twitter chamando para um café o Lars Grael, que conhece a estrutura do Esporte, já trabalhou aqui e tem conhecimentos suficientes. É fundamental conversar com ele, mas eu não fiz convite nem ao Lars Grael nem à Nádia Campeão”, disse o ministro ao Estado.

 

O Estado quis saber se, mesmo não tendo feito convite nesta quinta, Lars Grael e Nadia Campeão não podem vir a integrar a equipe. Aldo respondeu: “Já fiz convites, mas não posso falar em nomes de pessoas que estão refletindo sobre as propostas de trabalho. Cada coisa a seu tempo: não posso dizer que eles (Grael e Nádia) não estarão aqui. Só posso dizer que eles não foram convidados.”

 

Depois de ter sido secretária municipal dos Esportes de São Paulo, Nádia Campeão é hoje a dirigente máxima do PC do B estadual. Ela é agrônoma e chegou a estar cotada para assumir, na prefeitura de Gilberto Kassab (PSD), a secretária especial da Copa de 2014.

Hoje sem partido, Grael foi secretário Nacional de Esporte no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB), também assumiu a secretaria estadual da Juventude, Esporte e Lazer, de onde saiu em 2006. Grael chegou a ser filiado ao DEM e, depois ao PPS.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.