Ministra Miriam Belchior descansará uma semana

Titular do planejamento teve crise de hipertensão na semana passada; secretária-executiva, Eva Chiavon, responde interinamente

Agência Estado

06 de fevereiro de 2012 | 12h05

BRASÍLIA - A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, ficará afastada por uma semana para descanso, segundo sua assessoria. A secretária-executiva, Eva Chiavon, responde interinamente pelo ministério. Miriam Belchior sofreu uma crise hipertensiva na última quinta-feira, 2, e se submeteu a uma série de exames no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

A ministra se encontraria nesta segunda-feira, 6, com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, mas a agenda foi desmarcada. Na manhã da quarta-feira, 1º, a ministra passou mal e chegou a ser atendida no Instituto do Coração de Brasília, com quadro de pressão alta. Como já tinha exames agendados no Hospital Sírio Libanês, decidiu antecipar o check-up. As equipes médicas que a acompanharam foram coordenadas pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho e Milberto Scaff.

Durante a sua estadia no hospital, a ministra encontrou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que realiza diariamente sessões de radioterapia para vo tratamento contra o câncer na laringe, diagnosticado em outubro, no mesmo hospital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.