Ed Ferreira/AE
Ed Ferreira/AE

Ministra do Planejamento critica gestão FHC e exalta 'ajuda de Lula aos municípios'

'Antes de Lula, não havia a tradição do governo federal ajudar os municipios a enfrentar os principais problemas urbanos das cidades', disse Miriam Belchior, durante discurso em Guarulhos

Pedro da Rocha - O Estado de S.Paulo,

15 de setembro de 2012 | 10h48

São Paulo, 15 - A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, discursou na noite desta sexta-feira, 14, no lançamento do programa de governo do prefeito de Guarulhos, Sebastião Almeida (PT), candidato à reeleição na cidade da Grande SP. Ao destacar a parceria entre o município e a União, Belchior afirmou que antes de Lula ser eleito presidente, “não havia a tradição do governo federal ajudar os municípios a enfrentar os principais problemas urbanos das cidades”, em uma crítica indireta à administração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Ela lembrou que o petista Elói Pietá, prefeito de Guarulhos de 2001 a 2008, governou o município por dois anos durante o mandato de FHC na presidência. “Ele (Pietá) pegou dois anos de seca (de recursos do governo federal) aqui em Guarulhos”, afirmou.

A ministra fez menção ainda à administração de Celso Daniel no município de Santo André, de 1996 até 2002, ano em que foi assassinado. Ela foi casada com Daniel, mas os dois já eram separados quando ele foi morto. “Resolvemos problemas importantes da cidade só com recursos próprios. Nós não contávamos com um tostão dos governos estadual e federal”, afirmou Belchior. Para a ministra, a criação do Ministério das Cidades, no primeiro ano do governo Lula, trouxe essa parceria entre municípios e União.

A troca de farpas entre o governo e FHC teve início, neste ano, após a presidente Dilma Rousseff responder, em nota oficial, a um artigo publicado pelo ex-presidente no jornal 'O Estado de S. Paulo'. No texto, o tucano criticou o governo Lula, inclusive na área energética, na qual Dilma foi ministra. Em resposta, ela disse ter "recebido do ex-presidente Lula uma herança bendita", criticando ainda a administração de FHC. Pouco tempo depois, FHC e Dilma entraram na disputa paulista pela Prefeitura, gravando vídeos de apoio aos seus respectivos candidatos.  

Eleição - O atual prefeito de Guarulhos, Sebastião Almeida, tenta a reeleição para conseguir o quarto mandato consecutivo do PT na cidade. Embora nenhum grande instituto tenha feito pesquisa de intenção de votos no município, as pesquisas locais aceitas pelos adversários como mais próximas da realidade dão margem de 10% de vantagem para Almeida. Seu principal adversário é o tucano Carlos Roberto, que perdeu para o petista no segundo turno da eleição de 2008.

Na corrida pela administração municipal, Almeida tem usado todos os cabos eleitorais disponíveis. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, visitou obras em hospital na cidade na última quinta-feira, 13. Imagens da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula aparecem em propagandas de rua. Lula gravou ainda mensagem de apoio ao candidato para ser exibida na internet, já que Guarulhos não possui horário eleitoral gratuito na televisão. Na propaganda política veiculada em três rádios do município, foi inserido trecho de um discurso de Elói Pietá.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.