Ministra confirma mais R$ 10 bi em desonerações

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, confirmou na tarde desta quarta-feira ter solicitado ao relator do orçamento no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), a inclusão de um adendo à proposta de orçamento deste ano, para permitir mais R$ 10 bilhões em desonerações. A ministra comentou que "quanto mais cedo for aprovado o orçamento, melhor". O comentário foi feito a jornalistas, após reunião com governadores e prefeitos para tratar de investimentos de R$ 33 bilhões em saneamento, mobilidade urbana e pavimentação, via Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

AE, Agência Estado

06 de março de 2013 | 14h58

Os setores a serem beneficiados ainda serão discutidos, segundo a ministra. "Nós solicitamos ao relator que incorpore essa renúncia de receita de R$ 10 bilhões durante a votação do orçamento", afirmou, em entrevista no Palácio do Planalto.

Segundo a ministra, esses R$ 10 bilhões de renúncia de receita vão se somar aos R$ 20 bilhões que já haviam sido solicitados ao relator no mês passado, somando R$ 30 bilhões.

Pressa

"Governo está na expectativa de que o Congresso Nacional consiga resolver isso, aprovar ainda nesta semana (o orçamento)", disse a ministra. "Quanto mais cedo, melhor. A expectativa era de que (o orçamento) fosse votado em dezembro."

A expectativa é a de que o Congresso Nacional vote o orçamento, após apreciar os vetos da presidente Dilma ao projeto que trata da redistribuição dos royalties do petróleo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.