Ministério vai anunciar plano de racionamento

O ministro de Minas e Energia, José Jorge, anuncia nestasexta-feira o plano de aumento de oferta e racionalização do uso da energia elétrica.Os termos do plano serão acertados entre ogoverno federal e secretários de energia dos Estados na quinta-feira.Nesta terça-feira, depois de participar de almoço oferecido aopresidente da Venezuela, Hugo Chávez, José Jorge confirmou que a União manterá seu poder de veto em decisões relativas àhidrelétrica de Furnas após a privatização por meio de uma ação golden chair.Segundo o ministro, após a decisão da semana passada do Conselho Nacional de Desestatização de adotar o sistema depulverização da venda de ações para a privatização de Furnas, resta ainda o aval do presidente da República e a definição sobre aextensão da golden chair, que tem como característica básica o poder de vetar decisões que não são de interesse da União.?Ogoverno está definindo quais são os direitos e os detalhes dessa ação e em que casos terá o poder de veto?, disse.José Jorge acrescentou que o ministro-chefe da Casa Civil, Pedro Parente, ficou encarregado de levar ao presidente a decisão doCND e de marcar uma reunião, ainda esta semana, para que o presidente possa bater o martelo e deflagrar o processo deprivatização da empresa.Na semana passada, o CND anunciou que a venda de Furnas será pulverizada, com a venda de ações aqualquer pessoa e a possibilidade de uso de 60% do valor do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.