Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Ministério sabia da atuação de bicheiros em bingos, diz Biscaia

O deputado federal Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ) revelou hoje que em 2001 enviou ao Ministério Público Estadual uma representação denunciando que os bicheiros dominavam os bingos e as máquinas de caça-níqueis espalhadas pelos bares do Estado e que a Loterj não fiscalizava a rede ilegal do jogo. "Fiz uma representação, mas não teve andamento. Relatei todo o quadro, dizendo que a cúpula do bingo estava se reestruturando. Contratei um fotógrafo e anexei várias fotos dos bingos, das máquinas. Citei que havia um vínculo com a Loterj. Os donos de bares que têm caça-níqueis têm que pagar para a cúpula do jogo do bicho para garantir proteção, é uma atividade de máfia, um escândalo", diz o parlamentar petista.Chefe do Ministério Público Estadual durante as investigações que levaram à condenação de 14 chefe do jogo do bicho no Rio, em 1993, Biscaia diz que os contraventores se reergueram entrando também no ramo dos bingos e das máquinas de jogos. Segundo o deputado, o Rio é dividido por áreas entre os bicheiros. O "dono" de cada área se encarregaria da distribuição das máquinas e da cobrança de uma espécie de taxa dos donos de estabelecimentos onde existem caça-níqueis. Biscaia diz que nunca recebeu denúncias específicas da atuação do ex-subchefe da Casa Civil Waldomiro Diniz quando ocupou a presidência da Loterj, entre fevereiro de 2001 e janeiro de 2003. "Eu não tinha conhecimento de nada concreto. Normalmente o presidente da Loterj é uma pessoa suspeita de manter relações com o jogo, mas para mim era uma coisa suspeita. Reuni o material que tinha e enviei ao Ministério Público", lembra o parlamentar.CongressoBiscaia elogiou a Medida Provisória editada na noite de sexta-feira, que determinou o fechamento de todos os bingos do País. Diz, porém, que o grande desafio será aprovar a MP no Congresso, já que muitos parlamentares trabalham em favor da legalização dos bingos. Até ser afastado do Palácio do Planalto, Waldomiro Diniz atuou no Congresso em favor da legalização do jogo. "O afastamento do Waldomiro pode facilitar a aprovação da proibição dos bingos, mas a Medida Provisória só será aprovada se o governo e a base de sustentação política fecharem questão", diz o deputado petista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.