Ministério Público recorre no caso CBTU

O Ministério Público Federal recorreu ao TRF contra decisões da Justiça Federal que consideraram competência do Judiciário estadual julgar duas ações sobre o desvio de mais de R$ 13 milhões da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) em Maceió. Os desvios ocorreram entre 2002 e 2007, mediante fraude em licitações. Foram identificadas também ligações entre as empresas e dirigentes locais da CBTU, além de sócios laranjas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.