Ministério Público denuncia Severino

O Ministério Público Federal denunciou o ex-presidente da Câmara Severino Cavalcanti (PP-PE) por suposto envolvimento no mensalinho. Ele teria cobrado propina do empresário Sebastião Buani. Segundo a denúncia, entre janeiro e abril de 2002, Severino, então primeiro-secretário da Câmara, exigiu R$ 60 mil para autorizar Buani a manter por mais três anos seu restaurante na Casa. O caso levou Severino à renúncia, em setembro de 2005. Ele foi denunciado por crime de concussão (corrupção passiva). A denúncia vai ser examinada pela 10ª Vara Federal do Distrito Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.