Ministério Público cobra ação da Funai

O Ministério Público Federal em Rondônia emitiu uma recomendação à Fundação Nacional do Índio (Funai) para que, em 30 dias, tome medidas para melhorar o atendimento aos cintas-largas. "O vácuo deixado pela ineficiência da atuação do órgão indigenista tem sido preenchido por pessoas interessadas em lucrar às expensas da miséria de todo o grupo indígena", afirmou o procurador da República Reginaldo Trindade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.