Ministério Público acusa Jader de peculato

A Quinta Câmara de Defesa do Patrimônio, do Ministério Público Federal, vai pedir ao procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, a abertura de inquérito policial contra o presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), por crime de peculato. Motivo: os procuradores encontraram várias provas de que o senador se beneficiou de recursos do Banco do Estado do Pará (Banpará) em sua primeira gestão como governador do Estado, de 1983 a 1987.Leia mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.