Ministério pode contratar mais mil agentes para combater dengue

O Ministério da Saúde tem um fundo de reserva que permitirá a contratação de mil agentes de saúde para reforçar o combate à dengue. Esse recurso será usado somente se for registrada uma tendência de aumento de casos no País, informou o ministro Humberto Costa.As Forças Armadas também poderão auxiliar no combate à doença, se necessário. Apesar de não haver um aumento expressivo do número de pacientes com a doença neste ano, Costa afirma que o trabalho de prevenção tem de ser reforçado.Principalmente agora, com o aumento das chuvas em várias regiões do País. É nesta época que o mosquito encontra condições favoráveis para proliferação. Por causa das chuvas recentes e do histórico epidemiológico, dois Estados são alvodas maiores preocupações do ministério: Rio de Janeiro e Minas Gerais.Costa disse estar acompanhando a situação e que estuda reforçar o apoio técnico e financeiro aMinas. Nesta quarta-feira, Costa participou de uma reunião do Comitê Nacional de Mobilização Contra a Dengue.?Esta é uma área em que a sobreposição de informações é benéfica. Empresários, poder público, religiosos têm de contribuir para difundir informações sobre a doença.? No ano passado, foram registrados 776 mil casos de dengue no País.Veja o índice de notícias sobre o Governo Lula-Os primeiros 100 dias e os ministérios

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.