Ministério negocia preço de medicamentos contra aids

O Ministério da Saúde iniciou um levantamento sobre três novas drogas para o tratamento de doentes com aids, com o objetivo de tentar baixar os custos dos medicamentos. As empresas Merck Sharp & Dohme, Roche e Abbott, que produzem as drogas Efavirenz, Nelfinavir e Lopinavir devem ser chamadas para as primeiras negociações.As articulações com os laboratórios fazem parte de uma política para adequação aos programas de combate à aids e pode culminar, em última instância, no pedido de quebra das patentes dessas drogas.Assessores do ministério informaram que, antes de chegar ao pedido de quebra de patentes, haverá um longo processo de levantamento de pesquisa da fórmula, avaliação dos custos de produção e negociação com as empresas para a redução dos preços.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.