Ministério defende Força Nacional na Raposa Serra do Sol

Agentes da Força Nacional estão no estado desde o conflito entre índios e produtores de arroz

Solange Spigliatti, da Agência Estado,

04 de agosto de 2008 | 14h03

O Ministério da Justiça prorrogou por 90 dias o prazo de atuação da Força Nacional de Segurança na Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima. Veja também: A disputa pela Raposa Serra do Sol   De acordo com a Portaria n.º 1.414, publicada na edição de segunda-feira, 4, do Diário Oficial da União, o período deve ser contado a partir de 22 de julho e pode ainda ser prorrogado outras vezes. Os agentes da Força Nacional estão no estado desde o conflito entre índios e produtores de arroz, em maio, em função da demarcação da área.  A decisão levou em conta as operações desenvolvidas pelo Departamento de Polícia Federal, por determinação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no estado de Roraima, além de um pedido da própria PF. As informações são da Agência Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
Raposa Serra do Sol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.