Ministério da Saúde admite divergências com Secretário

O Ministério da Saúde informou o desligamento do médico sanitarista Gastão Wagner da Secretaria Executiva, por divergências com a linha adotada pelo ministro Humberto Costa. Segundo nota divulgada pelo Ministério, "a saída de Gastão Wagner está associada à readequação do papel da Secretaria Executiva e a visões diferenciadas sobre o encaminhamento desse processo". Ainda de acordo com a nota, "em reconhecimento ao serviço prestado pelo sanitarista, o ministro Humberto Costa convidou Gastão a assumir a representação brasileira no conselho executivo da Organização Mundial da Saúde". A Secretaria Executiva do Ministério da Saúde será assumida interinamente pelo chefe de gabinete do ministro, o médico Antônio Alves de Souza. A exoneração do atual secretário e a condução do secretário interino ao cargo sairão publicadas no Diário Oficial da União de sexta-feira, dia 12 de novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.