Ministério da Justiça diz que declaração de Moraes sobre Lava Jato foi 'força de expressão'

Em agenda de campanha de candidato do PSDB em Ribeirão Preto, ministro da Justiça afirmou que haveria uma nova fase da operação durante a semana

Carla Araújo, O Estado de S.Paulo

25 de setembro de 2016 | 19h56

BRASÍLIA - A declaração do ministro da Justiça, Alexandre Moraes, de que esta semana "vai ter mais" uma investida da Operação Lava Jato foi uma "força de expressão", informou a assessoria de imprensa do Ministério, algum tempo depois da declaração, feita espontaneamente por Moraes, durante participação hoje na campanha do candidato a prefeito de Ribeirão Preto Duarte Nogueira (PSDB).

Segundo o Ministério da Justiça e Cidadania, a frase "não foi dita porque o ministro tem algum tipo de informação privilegiada ou saiba de alguma operação com antecedência, e sim no sentido de que todas as semanas estão ocorrendo operações".

Em uma agenda de campanha de Nogueira, Moraes afirmou com muita certeza que esta semana haverá uma nova fase da Lava Jato. "Teve a semana passada e esta semana vai ter mais, podem ficar tranquilos. Quando vocês virem esta semana, vão se lembrar de mim", disse.

O ministro reiterou que o governo apoia as operações e afirmou que os fatos que estão ocorrendo mostram a independência da Polícia Federal.

Comunicação falha. O governo de Michel Temer tem sofrido as consequência de declarações de ministros consideradas "infelizes" e que acabam causando prejuízo de imagem. O Planalto tem tentado buscar novas estratégias de comunicação justamente para mitigar os danos causados por falas equivocadas.

Moraes, entretanto, é tido como um dos titulares mais difíceis. Foi um dos que recusou a oferta de media training e disse a interlocutores do Planalto "que não precisava de treinamento" para falar com a mídia. Hoje, ele protagonizou mais um episódio de recuo em declarações polêmicas de representantes do governo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.