Ministério da Defesa retira Medalha da Vitória de Genoíno e Valdemar Costa Neto

Portaria, publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União, não explica os motivos que levaram à cassação da homenagem

Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2017 | 11h32

BRASÍLIA - O Ministério da Defesa resolveu excluir do "Quadro da Medalha da Vitória" os ex-deputados José Genoíno Neto (PT), a partir de 26 de abril de 2011, e Valdemar Costa Neto (PR), a partir de 9 de maio de 2005. A decisão é assinada pelo ministro Raul Jungmann e está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 25. A portaria não explica os motivos que levaram à cassação da homenagem.

A Medalha da Vitória foi criada em 2004 para agraciar militares das Forças Armadas, civis nacionais, militares e civis estrangeiros, policiais, bombeiros militares, organizações militares e instituições civis nacionais que tenham, entre outras ações, participado de conflitos internacionais na defesa dos interesses do País e prestado serviços relevantes ou apoiado o Ministério da Defesa no cumprimento de suas missões constitucionais. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.