Marcelo Gonçalves|Sigma Press
Marcelo Gonçalves|Sigma Press

Militantes petistas fazem vigília em frente ao prédio de Lula no ABC

Manifestação foi motivada por informação que circulou nas redes sociais de que o ex-presidente seria preso pela Polícia Federal nesta segunda-feira

Aline Bronzati, O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2016 | 10h30

Manifestantes em defesa do ex-presidenre Luiz inácio Lula da Silva se reuniram durante a madrugada desta segunda-feira, 17, em frente à residência do petista, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. De acordo com informações, o ato, que teria sido liderado por sindicalistas, chegou a reunir cerca de 100 pessoas. 

Os manifestantes chegaram à casa de Lula de madrugada, mas por volta das 7h já haviam se dispersado e restaram apenas jornalistas e algumas bexigas brancas penduradas no portão do prédio de Lula e nos arredores.

A manifestação teria sido motivada por uma informação que circulou nas redes sociais, principalmente nos chamados blogs de esquerda, dando conta de que a Polícia Federal deflagraria nesta segunda-feira uma nova fase da Operação Lava Jato e que o alvo da prisão seria o ex-presidente Lula.

A reportagem não confirmou se Lula está em sua residência. Até as 8h30, ele não havia deixado o prédio. Carros da Policia Militar circulavam pelo local. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.