Militantes fazem atos de apoio a Dilma e Aécio em BH

Militantes do PT e PSDB tomaram as ruas de Belo Horizonte neste sábado, 25, em atos quase simultâneos de apoio, respectivamente, à reeleição da presidente Dilma Rousseff e seu adversário na corrida presidencial, o senador tucano Aécio Neves (MG). Segundo a Polícia Militar, cerca de 3 mil pessoas participaram de cada uma das manifestações.

MARCELO PORTELA, Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 19h11

O ato pró-Aécio teve concentração na Praça da Liberdade e seguiu em direção à Savassi, área comercial na região centro-sul de Belo Horizonte. O evento contou com um carro de som, no qual discursaram apoiadores do tucano como o vice-prefeito da capital, Délio Malheiros (PV), e a mulher do prefeito Marcio Lacerda (PSB), Regina Lacerda.

De acordo com a PM, houve um princípio de confusão no ato entre manifestantes favoráveis ao senador e motoristas que passaram pela carreata com adesivos e bandeiras do PT, mas não houve registro de ocorrências.

A poucos quilômetros da Praça da Liberdade, apoiadores de Dilma se reuniram na Praça Tiradentes, na região central, e fizeram uma caminhada pela avenida Afonso Pena, que teve o trânsito parcialmente interditado. A passeata pró-reeleição foi animada pela bateria de blocos carnavalescos e seguiu até a Praça da Estação, também no Centro da cidade. Segundo a PM, também não foi registrada nenhuma ocorrência no ato.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesbelo horizonteaéciodilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.