Militantes do PT e PSDB se encontram em Diadema

No final da carreata da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, pelas ruas do centro de Diadema, na grande São Paulo, militantes do Partido dos Trabalhadores se encontraram com simpatizantes da candidatura de José Serra (PSDB). O encontro aconteceu na Avenida Alda e terminou sem incidentes. Os tucanos pararam para que o grupo de Dilma passasse. Depois, a caravana do PSDB continuou seu percurso.

RODRIGO PETRY, Agência Estado

23 de outubro de 2010 | 11h53

No momento do encontro, os organizadores do PT orientaram a militância pelo alto-falante que não aceitasse provocações. Neste momento, o policiamento estava reforçado no local. Durante a passagem dos tucanos houve provocações e um leve empurra-empurra, mas sem incidentes graves.

A passeata/carreata em Diadema, no ABCD paulista, foi encerrada com discurso de lideranças petistas locais. A candidata Dilma e o presidente Luiz Inácio Lula da Silvia seguiram diretamente para Carapicuíba, onde fazem outra carreata no final desta manhã. Dilma não falou com a imprensa.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições de 2010DilmaLulaPTPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.