Pedro Venceslau
Pedro Venceslau

Em Brasília, militantes do PSL se reúnem em ponto de encontro de bolsonaristas

General Paulo Chagas, candidato derrotado do PSL ao governo do Distrito Federal, está entre os presentes

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2018 | 20h49

BRASÍLIA - Militantes do PSL de vários estados se reúnem nessa segunda-feira, 31,  para passar a virada de ano em Brasília em uma bar que virou ponto de encontro dos "bolsonaristas" durante o processo de impeachment Dilma Roussef.

A anfitriã, Raimunda Alves dos Reis, dona do Quiosque Dominó, no Setor Indústrial, conta seu estabelecimento virou "point" de grupos de rua como Avança, Nas Ruas e MBR. Eleita deputada federal por São Paulo, a lider do Nas Ruas, Carla Zambelli, disse que optou por passar o reveleilon no Quiosque para estar perto da militância do PSL.

O primeiro a chegar foi o General Paulo Chagas, candidato derrotado do PSL ao governo do Distrito Federal. 

O principal comentário entre os militantes é sobre a eleição a Presidência da Câmara. A grande maioria rejeita apoiar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM- RJ). "Rodrigo Maia representa a velha política. E o povo está contra a velha política" , disse Zambelli.  Outros deputados também são esperados para a virada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.