Militantes do PSDB fazem ato na Avenida Paulista

A Avenida Paulista foi ocupada na tarde deste sábado (25) por militantes e eleitores que fazem um ato em prol de Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência da República. Por volta das 16h, todas as faixas da Avenida Paulista no sentido Consolação, em frente ao Masp, estavam ocupadas por pelo menos 1.500 pessoas.

CIRCE BONATELLI, Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 16h42

Os organizadores vão se decidir mais adiante se haverá uma caminhada pela avenida. A Polícia Militar acompanha a manifestação e não registrou nenhum incidente até o momento. Uma preocupação é que o ato pró-Aécio se aproxime de outro a favor da candidatura do PT, na Praça Roosevelt, no centro da cidade.

Na manifestação da Avenida Paulista, as pessoas erguiam dezenas de bandeiras de Aécio e do PSDB em meio a carros de som com jingles da campanha em ritmos que variavam do funk ao pop. Eufóricas, com rostos pintados e adesivos colados na roupa, as pessoas faziam coro eufórico de "Fora PT" e "1, 2, 3, Lula no xadrez".

No carro de som, organizadores discursaram contra corrupção e inflação. O ato não teve a presença de Aécio, que passa o dia em Minas Gerais, nem do governador paulista, Geraldo Alckmin, que participou de outro ato pela manhã. O ex-coordenador da campanha de Marina Silva, Walter Feldman, se juntou aos organizadores do ato sobre o carro de som.

Tudo o que sabemos sobre:
eleição 2014Aécio NevesPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.