Militantes começam a chegar à reunião do PSDB em SP

Os militantes do PSDB começam a chegar para a convenção nacional da legenda, neste sábado, em São Paulo. São esperadas cerca de 1500 pessoas no evento, que deve oficializar a candidatura presidencial do senador Aécio Neves.

ERICH DECAT E ELIZABETH LOPES, Agência Estado

14 Junho 2014 | 10h00

No cronograma dos discursos, estão previstas as participações de representantes da Juventude do PSDB, do Tucanafro, da ala sindical, das mulheres e dos governadores Teotônio Vilela (AL), Marconi Perillo (GO), Beto Richa (PR), além dos presidentes do Democratas, senador Agripino Maia, e do Solidariedade, Paulinho da Força.

A parte final do evento deve ser dedicada aos representantes do Estado de São Paulo, como o ex-governador José Serra, o governador Geraldo Alckmin e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que deve anunciar o nome de Aécio Neves. A presença do senador e presidente do PSDB está prevista para em torno de 11h.

Para apresentar o candidato da legenda à Presidência, os tucanos apostam em resgatar a história do mineiro, como as passagens que teve no comando da Câmara dos Deputados (2001-2002) e no Estado de Minas Gerais (2003-2010), em um vídeo que será exibido ao público presente. O avô de Aécio, o ex-presidente Tancredo Neves, um dos símbolos da redemocratização do País, também será lembrado. O slogan de Tancredo quando foi escolhido presidente do Brasil era "Muda Brasil", na mesma linha da campanha que Aécio irá colocar em campo nesta campanha ao Palácio do Planalto.

Mais conteúdo sobre:
eleições SP São Paulo PSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.