Militantes começam a chegar à reunião do PSDB em SP

Os militantes do PSDB começam a chegar para a convenção nacional da legenda, neste sábado, em São Paulo. São esperadas cerca de 1500 pessoas no evento, que deve oficializar a candidatura presidencial do senador Aécio Neves.

ERICH DECAT E ELIZABETH LOPES, Agência Estado

14 de junho de 2014 | 10h00

No cronograma dos discursos, estão previstas as participações de representantes da Juventude do PSDB, do Tucanafro, da ala sindical, das mulheres e dos governadores Teotônio Vilela (AL), Marconi Perillo (GO), Beto Richa (PR), além dos presidentes do Democratas, senador Agripino Maia, e do Solidariedade, Paulinho da Força.

A parte final do evento deve ser dedicada aos representantes do Estado de São Paulo, como o ex-governador José Serra, o governador Geraldo Alckmin e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que deve anunciar o nome de Aécio Neves. A presença do senador e presidente do PSDB está prevista para em torno de 11h.

Para apresentar o candidato da legenda à Presidência, os tucanos apostam em resgatar a história do mineiro, como as passagens que teve no comando da Câmara dos Deputados (2001-2002) e no Estado de Minas Gerais (2003-2010), em um vídeo que será exibido ao público presente. O avô de Aécio, o ex-presidente Tancredo Neves, um dos símbolos da redemocratização do País, também será lembrado. O slogan de Tancredo quando foi escolhido presidente do Brasil era "Muda Brasil", na mesma linha da campanha que Aécio irá colocar em campo nesta campanha ao Palácio do Planalto.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesSPSão PauloPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.