Militante de ONG contra corrupção é ameaçado de morte

Conselheiro da Amarribo Brasil afirma que político paulista prometeu 'acabar' com sua vida

José Maria Tomazela, de O Estado de S.Paulo

22 de dezembro de 2011 | 15h10

SOROCABA - O jornalista Sérgio Ronco, conselheiro da Amarribo Brasil, uma das mais conhecidas organizações não-governamentais de combate à corrupção, com sede em Ribeirão Bonito, interior de São Paulo, procurou proteção policial por estar sendo ameaçado de morte. Na tarde de quarta-feira, 21, ele recebeu ligação telefônica de uma pessoa conhecida alertando-o de que um político tem afirmado reiteradamente que irá acabar com a sua vida. "A pessoa que me ligou é idônea, sabe do que está falando." De acordo com Ronco, o autor da ameaça é político "da ativa" no município e, como outros políticos da cidade, tem sido cobrado no blog mantido pelo jornalista e no jornal da Amarribo.

Ronco entrou em contato com a Polícia Civil de São Carlos e, por recomendação das autoridades policiais, não divulgou o nome do suposto autor da ameaça. "Deixamos, inclusive, de registrar o boletim de ocorrência aqui (em Ribeirão Bonito) porque a cidade é pequena e a pessoa tem influência". De acordo com Ronco, o político repetiu várias vezes que irá matá-lo, inclusive na presença de outras pessoas. "Além do meu conhecido, três pessoas estavam no local e ele falou de forma incisiva que iria acabar com a minha vida".

A Amarribo Brasil repudiou a ameaça ao jornalista e membro de seu conselho de administração. Segundo a entidade, "mais uma vez, quando entidades e cidadãos tentam fazer com que as leis do País sejam cumpridas e que o patrimônio público não seja lesado, os autores do malfeito reagem com ameaças".

A Amarribo salientou a militância do jornalista Sérgio Ronco na luta anticorrupção. "O cidadão Sergio Ronco que recebeu as ameaças não é nascido em Ribeirão Bonito, mas escolheu como sua cidade, aqui se estabeleceu, trabalhou e cresceu". Ronco foi um dos fundadores da ONG e lutou juntamente com outras pessoas para livrar a cidade de personalidades corruptas. A entidade acredita que a ameaça derive da divulgação do "escandaloso aumento de 112% na Câmara Municipal de Ribeirão Bonito".

 

 

 

 

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
ameaçamorteONG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.